sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Guia de motéis - parte 1.

Este texto é baseado numa análise pessoal do escritor. Para a elaboração deste "guia" foram empreendidas pesquisas de campo, durante as quais se pôde avaliar, criteriosamente, os diversos aspectos de cada quarto visitado, sem nunca descuidar do objetivo principal, claro. Foram visitados os seguintes estabelecimentos, todos na cidade de Vitória da Conquista: Le Moulin, Ritz, Sky, Intimus, Del Rey, Master e Opium.

O objetivo desta crítica é contribuir para o conhecimento geral sobre os serviços moteleiros nesta cidade e informar os leitores sobre os pontos positivos e negativos dos locais. A análise é feita exclusivamente sob a ótica do autor, sem parcialidades levianas e não tem/teve por fim qualquer contraprestação financeira. Esclareço, desde já, que não recebi cortesias nem nada do gênero para a redação deste guia.

Para facilitar a leitura, a crítica foi dividida em duas etapas. Nesta primeira, falarei do serviço em geral e dos apartamentos, deixando as suítes para a segunda parte, que será publicada em breve.


1. Del Rey


Preços: R$18,00 (apartamento simples) / R$27,00 (apartamento luxo)

Salvo engano, é o maior da cidade. Ponto importantíssimo, principalmente nas noites de sábado, quando as poucas vagas dos outros motéis são disputadíssimas e é fácil ver carros saltando de motel em motel na beira da BR-116, à procura de um quarto disponível.

Outro destaque é que, diferentemente dos concorrentes, todos os apartamentos do Del Rey têm portão eletrônico, o que aumenta a segurança e privacidade dos frequentadores. É incômodo ter de sair do carro para puxar a cortina que faz as vezes de portão da garagem dos apartamentos dos outros motéis. Sempre há o risco de ser visto.

Um terceiro diferencial é a quantidade maior de canais eróticos na tevê. Além do convencional (Sexy Hot), há dois canais com DVD's em execução, contra apenas um nos motéis em geral.


Não bastasse isso, o Del Rey oferece um "cartão fidelidade", que dá direito a uma cortesia a cada cinco idas ao motel. Ah, e diferentemente de outros lugares, não se cobra a mais se você levar uma terceira pessoa ou até outro casal. Boa jogada!


Apesar dos aspectos positivos elencados, o Del Rey tem uma série de problemas. São eles:

- O produto de limpeza utilizado ("bom ar" ou algo do tipo) deixa um cheiro muito forte, enjoativo e desagradável;

- Os funcionários SEMPRE fazem barulho demais no corredor próximo aos quartos;

- As toalhas brancas do motel eram tão velhas e rasgadas que dava dó. Recentemente foram trocadas por outras azul-escuro, as quais, nas primeiras lavagens, soltavam fiapos por todo lado. Algo um tanto anti-higiênico;

- A manutenção dos quartos é displicente: já presenciei chuveiros com pouquíssima vazão ou com resistência queimada, torneira quebrada, vaso sanitário sem tampa, dispositivo de descarga solto e até, pasmem, uma barata morta no box.

- Nos dias de muito movimento, o atendimento poderia ser mais rápido.


2. Intimus


Preço: R$14,00 (apartamento simples)

O pior entre os visitados. Os quartos são pequenos e a cama tem um daqueles lençóis de elástico relaxado, que se solta facilmente e expôe o colchão, já velho e meio rasgado. No banheiro não há box, e o chuveiro é dos normais, de resistência, com temperatura razoável e pouca vazão d'água.

Lembra aqueles motéis de beira de estrada dos filmes americanos. Não recomendo.


3. Sky


Preços: R$18,00 (apartamento simples) / R$23,00 (apartamento luxo)

O diferencial do Sky é a eficiência do serviço. O apartamento luxo é espaçoso. Além da cama, no quarto há uma cadeira erótica, um sofá e uma mesinha com duas cadeiras. O banho é excelente: o chuveiro é daqueles com dois registros (água quente e fria) para dosagem manual, e a vazão é impressionante. Na hora de pagar a conta, um agrado: junto com o recibo sempre vêm duas balas.

A tevê poderia ser maior (14 polegadas) e a cortina no lugar do portão da garagem é desagradável. No mais, altamente recomendável.


4. Ritz


Site: www.ritzmoteis.com.br
Preço:R$18,00 (apartamento simples)

O apartamento do Ritz é bem simples, e se parece com o do Intimus. Assim como lá, o lençol costuma soltar-se facilmente - incômodo na certa. Pelo preço, há opções bem melhores na cidade. Se sua escolha for o Ritz, pague um pouco mais e vá para a suíte, que é excelente.


5. Le Moulin


Preços: R$18,00 (apartamento simples) / R$22,00 (apartamento luxo)

Um motel pequeno, mas muito bem organizado. Não tem suítes, só as duas opções de apartamentos. Tudo aparenta ser novinho em folha e a impressão que se tem do quarto não poderia ser melhor. Além do Master, é o único apartamento luxo que tem tevê LCD na cidade (uma de 32 polegadas).

Pontos negativos: Assim como no Del Rey, as conversas dos funcionários são frequentes. Além disso, os espelhos do quarto são um tanto mal posicionados, o que

os torna desimportantes.

Ótima escolha para as noites de segunda a quinta - nos fins de semana é difícil encontrar um quarto vago.


6. Master Motel


Site: www.mastermotel.com.br
Preços: R$32,00 (apartamento luxo) / R$38,00 (apartamento super luxo)

Sem dúvida é o melhor motel de Conquista. Todos os outros da cidade ficam em desvantagem se comparados ao Master.

Como tudo tem seu preço, o Master é também o mais caro. Pra piorar, de sexta a domingo o período convencional, que é de três horas, cai para apenas duas.
A melhor pedida nas ocasiões especiais. Vale cada centavo.


7. Opium Motel


Preço: R$27,00 (apartamento simples)

Como o Master, também fica afastado dos outros motéis conquistenses. Situa-se nos fundos da Avenida Brumado, quase no Anel Viário, e é de difícil localização, principalmente à noite. A única placa fica na Av. Brumado, voltada para quem chega em Conquista, e para vê-la é preciso olhar para a via oposta, o que dificulta na primeira ida.

O Opium é apenas razoável, sem nada que justifique o segundo maior preço da categoria.